PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Salve Rainha: TJ-PI decreta prisão preventiva de M. Moura

O acusado já havia sido preso em flagrante logo após o acidente que ocorreu no mês de junho de 2016

Por Wesslley Sales
08/11/2018, às 17:11 - Atualizado em 09/11/2018, às 16:11

O Tribunal de Justiça do Piauí, através do Desembargador Sebastião Ribeiro Martins, decretou na manhã desta quinta-feira (08) a prisão preventiva de Moaci Moura da Silva Júnior, motorista que se envolveu em acidente que acabou na morte de dois integrantes do coletivo Salve Rainha.

Em sua decisão, o Desembargador da 2ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí cita o trecho de uma postagem feita em rede social onde Moaci Moura estaria se “despedindo” de Teresina, alegando ainda que o acusado insiste em “descumprir medidas cautelares”.

Moaci Moura já havia sido preso em flagrante logo após o acidente ocorrido em junho de 2016. A ele foi concedida liberdade provisória mediante o cumprimento de algumas medidas, tais como não frequentar bares e boates, além de não se ausentar do município sem autorização judicial.

O ACIDENTE

Na madrugada do dia 26 de junho de 2016 o veículo dirigido por Moaci Moura da Silva Júnior chocou-se violentamente contra o carro em que estavam as vítimas. O único sobrevivente foi o jornalista Jader Damasceno.

Bruno Queiroz, 30 anos, morreu no local e Francisco das Chagas Junior, 32 anos, teve morte encefálica decretada no dia 29 de junho. O acidente aconteceu por volta das 23h, no cruzamento das avenidas Miguel Rosa com Jacob de Almendra, no centro da capital. A perícia indicou que Moaci Moura dirigia embriagado e em alta velocidade.

 Moaci Moura

nossas redes sociais

vídeos mais vistos