Suspeitos de assassinar líder comunitário são presos em Teresina

"Bin Laden", de acordo com o DHPP, mora na Terra Prometida e queria comandar a região por meio de atividade criminosa

Por Ravi Marques
13/02/2020, às 13:00 - Atualizado em 13/02/2020, às 09:57

Dois homens de apelidos "Ramon" e "Bin Laden" foram presos suspeitos pela morte de Paulo Sérgio Veira da Silva. O crime aconteceu no dia 28 de dezembro do ano passado na Avenida Celso Pinheiro, Bairro Cristo Rei, Zona Norte de Teresina.

A prisão foi realizada pela equipe do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Os suspeitos foram encontrados na Vila da Paz e Cristo Rei. A vítima era líder comunitário da invasão "Terra Prometida", também zona sul. O motivo do crime, segundo a polícia, foi a disputa pela liderança da comunidade. "Bin Laden", de acordo com o DHPP, mora na Terra Prometida e queria comandar a região por meio de atividade criminosa e a vítima na aceitava e isso motivou o assassinato do líder comunitário.

Com os suspeitos foram encontrados apreendido uma pistola calibre .40 com numeração adulterada, 18 munições, colete balístico, um rádio de comunicação, uma máscara látex bruxa, balaclava, e farto material em invólucros plásticos contendo substâncias análogas à crack. Ainda de acordo com a polícia, o suspeito tinha ainda a quantia de R$ 2.661,00.

DHPP realização a prisão

nossas redes sociais