Taxista é sequestrado e amarrado por passageiro em Piripiri-PI

O sequestro relâmpago durou cerca de 2 horas e só acabou depois que o homem conseguiu avisar ao filho sobre o ocorrido

13 de junho de 2020, às 18:00 | Ravi Marques

Pelo menos três bandidos renderam um taxista de 51 anos e o amarraram dentro do próprio táxi da vítima, na cidade de Piripiri, norte do Piauí. O sequestro relâmpago durou cerca de 2 horas e só acabou depois que o homem conseguiu avisar ao filho sobre o ocorrido.

O taxista contou à Polícia Rodoviária Federal que foi contratado por um homem para fazer uma viagem de Piripiri (PI) a Tianguá (CE), mas, ainda em Piripiri o suspeito pediu que parasse o veículo e nesse momento outros dois criminosos chegaram em outro carro, desceram e entraram no vveículo da vítima e renderam o cidadão, que foi amarrado e colocado no banco traseiro. O taxista estava com um celular reserva e conseguiu avisar ao filho sobre o crime.

"Os policiais encontraram o homem amordaçado e amarrado pelos pulsos e pernas pelo cinto de segurança do veículo. Ele foi abandonado dentro do carro na BR-222. O homem informou que os criminosos estavam armados, porém não pode identificar o tipo de armamento utilizado na prática do crime", disse o inspetor Alexsandro Lima, da PRF.

A vítima estava debilitada e chegou a desmaiar. O taxista foi levado para o Hospital de Piripiri. Celular e dinheiro do homem foram levados pelos bandidos. A Polícia Civil investiga o caso e acredita em sequestro relâmpago. Equipes realizam buscas na região para localizar os bandidos.

O taxista contou detalhes a PRF


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS