Tentou atirar contra policiais do 22º DP e foi preso em Teresina

Contra o acusado existem cinco processos. Um por roubo, outro por porte ilegal de arma de fogo, dois por homicídio doloso e um por homicídio tentado

Por Plínio Castelo
11/07/2019, às 18:00

Lindomar de Sousa Campos Júnior, conhecido como "Maracujá", foi baleado na perna após tentar atirar em investigadores do 22º Distrito Policial, no Conjunto Leonel Brizola, Zona Norte de Teresina.

A polícia recebeu denúncias de que o acusado estaria atirando em via pública e ameaçando moradores. Quando os policiais o encontraram ele tentou atirar em um dos membros da equipe. Um dos policiais atirou na perna para imobilizar Lindomar de Sousa. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro munições.

Contra o acusado existem cinco processos. Um por roubo, outro por porte ilegal de arma de fogo, dois por homicídio doloso e um por homicídio tentado.

Lindomar de Sousa Campos Júnior

nossas redes sociais