Traficante que mandou matar policial é preso no Piauí

Entre os presos está o chefe da quadrilha, conhecido como Terceiro. A mãe e a esposa dele foram presas, além de outros integrantes do grupo

Por Ravi Marques
17/10/2019, às 17:32 - Atualizado em 17/10/2019, às 17:40

A Polícia Civil do Piauí deflagrou na manhã desta quinta-feira (17/10) a Operação Gênesis, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em tráfico de drogas na cidade de Altos, região metropolitana de Teresina. A operação aconteceu também nas cidades de Teresina e Campo Maior.

Foram cumpridos 15 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão. Entre os presos está o chefe da quadrilha, Francisco Torres Delmiro Neto, conhecido como Terceiro. A mãe e a esposa dele foram presas, além de outros integrantes do grupo.

Segundo o Delegado-Geral de Polícia Civil do Piauí, Luci Keyko, Terceiro descobriu que estava sendo investigado e tentou pagar propina a um policial, que não aceitou e acionou o Ministério Público.

"Como o policial de Altos não aceitou o dinheiro, o traficante mandou executar o agente. Mas, felizmente, isso não aconteceu. Nós investigamos, tivemos acesso a escutas telefônicas e juntamos as provas", disse o delegado.

Em Teresina uma mulher foi presa. Sabrina Cássia dos Santos Sales foi encontrada em casa, na Vila Concórdia, Zona Sul de Teresina. Ela negou participar da quadrilha.

"Temos provas que a Sabrina recebia a droga e vendia em Teresina. Ela nega, mas temos provas", disse Joatan Gonçalves, coordenador do Grupo de Apoio Operacional.

Durante a operação, a polícia apreendeu com os suspeitos droga, dinheiro e munições, além de armas de fogo.

Francisco Torres Delmiro Neto, conhecido como Terceiro

nossas redes sociais