Em nota, FMS coloca-se à disposição da investigação da PF e da CGU

Em nota, a FMS ressalta também que todas as medidas foram adotadas com base nas circunstâncias vividas em todo mundo durante a pandemia

02 de setembro de 2020, às 13:48 | Editoria de Polícia

Após a deflagração da Operação Caligo pela Polícia Federal e Controladoria-Geral da União, a direção da Fundação Municipal de Saúde informou que está a disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários e pronta para colaborar com o processo investigativo. 

Na nota distribuída à imprensa, a FMS ressalta também que todas as medidas foram adotadas com base nas circunstâncias vividas em todo mundo durante a pandemia, sempre com o compromisso de preservação do interesse público e da vida dos teresinenses.

Fundação Municipal de Saúde de Teresina / Foto: Portal GP1