Lutador morto pode ter participado da execução de empresário no PI

Isac foi morto com doze disparos de arma de fogo quando chegava em casa. O lutador chegou a correr, mas foi alvejado

09 de setembro de 2020, às 16:08 | Ravi Marques

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) informou nesta quarta-feira (09/09), que o ex-lutador de MMA, Isac Nylton, assassinado na porta de casa, na noite desta terça-feira (08/09), no Bairro Dirceu Arcoverde, Zona Sudeste de Teresina, era suspeito de envolvimento na morte de um empresário que ocorreu em um bar próximo à Universidade Federal do Piauí (UFPI), na Zona Leste de Teresina, em 2019. 

A informação foi dada pelo coordenador da especializada, delegado Francisco Costa "Barêtta".

"Esse rapaz assassinado era investigado pela nossa equipe pelo homicídio do empresário, no ano passado. Além disso, ele era investigado pelo crime de tráfico de drogas. Agora vamos investigar para chegar aos autores da morte do Isac", disse o coordenador.

Isac foi morto com doze disparos de arma de fogo quando chegava em casa. Ao descer do veículo ele foi abordado por, pelo menos, dois homens. O lutador chegou a correr, mas foi alvejado.

Informação foi dada pelo DHPP