Mãe de advogada é indiciada pelo assassinato da filha em Pedro II

Segundo a polícia, a mãe de Izadora, ainda vai responder por coação a testemunha no curso do processo e fraude processual

23 de fevereiro de 2021, às 14:00 | Editoria de Polícia

A Polícia Civil indiciou indiciou o jornalista João Paulo Santos Mourão e a mãe, Maria Nerci, pelo assassinato da advogada Izadora Santos Mourão, em Pedro II.

De acordo com o delegado Francisco Costa, o Barêtta, o crime foi premeditado, por motivo torpe, sem chance de defesa e feminicídio. 

Segundo a polícia, a mãe de Izadora, ainda vai responder por coação a testemunha no curso do processo e fraude processual. O delegado afirma que ela é coautora e estava na cena do crime. 

Barêtta afirma que todas as provas constam no inquérito policial. Ele disse que a peça vai ser entregue ao juiz da comarca de Pedro II e que a decisão sobre o pedido de prisão será do Ministério Público.

Izadora Mourão