Sequestro de mãe e filha por ter sido premeditado em Teresina

Os criminosos obrigaram as vítimas a falarem onde moravam. Na casa os bandidos roubaram quatro celulares, duas televisões e R$ 3 mil reais

01 de setembro de 2020, às 11:00 | Ravi Marques

O sequestro relâmpago de mãe e filha pode ter sido premeditado, revela a polícia civil. O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (31/08) no Bairro Novo Milênio, Zona Sudeste de Teresina. Câmeras e segurança registraram o momento do crime. Pelas imagens é possível ver as duas vítimas caminhando, dirigindo-se a uma academia, quando um carro se aproxima, dois homens descem e forçam mãe e filha a entrarem no veículo.

Os criminosos obrigaram as vítimas a falarem onde moravam. Na casa os bandidos roubaram quatro celulares, duas televisões e R$ 3 mil reais. Durante o assalto as mulheres tiveram arma apontada para elas, mas não teriam sofrido agressões físicas.

As vítimas e a Polícia Civil acreditam que o crime foi premeditado, ou seja, planejaram o sequestro com a ajuda de outras pessoas. Mãe e filha fazem parte de uma família que é dona de uma loja de moto peças. A Polícia Civil não descarta a possibilidade de pessoas próximas estarem envolvidos no planejamento do crime.

Os dois homens que apareceram no vídeo foram identificados pela polícia. Os dois são da região do Grande Dirceu e tem passagens pela polícia pela prática de assaltos na área. A polícia faz levantamentos na região para localizar os bandidos.

Momento do sequestro