PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Após reunião com Bolsonaro, Marina deve indicar cargo no Piauí

O indicativo é que o ex-prefeito de Novo Oriente, Marcos Vinicius Dias, ocupe uma vaga no segundo escalão da administração federal

Por Tarcio Cruz
12/04/2019, às 11:04 - Atualizado em 13/04/2019, às 11:04

Após a rodada de negociação com os grandes partidos, o presidente Jair Bolsonaro iniciou a conversa com as menores siglas em busca de apoio para aprovar a reforma da Previdência. 

Depois de uma conversa com o presidente do SOLIDARIEDADE, Paulinho da Força, o partido aguarda os desdobramentos no Piauí da conversa.

O indicativo é que o ex-prefeito de Novo Oriente, Marcos Vinicius Dias, ocupe uma vaga no segundo escalão da administração federal. O cargo seria na cota da Deputada Federal Marina Santos.

O presidente do SOLIDARIEDADE no Estado, deputado Evaldo Gomes, comentou sobre a reunião e destacou que nos próximos dias a nomeação deve ser publicada. 

“A Marina já dá sustentação ao governo Bolsonaro, já existe uma possibilidade de entendimentos com o presidente da República no que diz respeito a espaços administrativos aqui no Piauí. A gente está em diálogo e logo vocês irão saber quem a Marina irá indicar e qual o cargo o nosso grupo político vai ocupar. O Marcos Vinícius é um grande nome, tem experiência e pode sim ocupar qualquer cargo. Quando o Ministro confirmar, todos irão saber”, afirmou Evaldo.

O parlamentar descartou ainda qualquer chance de que a deputada Federal Marina Santos se licencie para assumir algum cargo no município ou no Estado. Nas últimas semanas se cogitou a possibilidade de que o jornalista Silas Freire assumisse uma cadeira na Câmara com a saída de Marina, Evaldo descartou. 

“Não teve conversa com o prefeito sobre secretaria, estamos dialogando e nos organizando para o ano que vem, mas não teve essa conversa. A chance da Marina ocupar uma pasta no governo municipal é zero. A Marina vai manter o seu mandato até o final, não existe nenhuma possibilidade de ocupar pasta no município ou no estado”, concluiu o deputado.

Deputado Estadual Evaldo Gomes

nossas redes sociais