Assis vence eleição do PT e pede para partido “baixar o salto”

Com 6.094 votos Assis atingiu a expressiva marca de 95% dos votos de filiados petistas, Dudu perdeu com apenas 257 votos

Por Tarcio Cruz
09/09/2019, às 10:36

O Deputado Federal Assis Carvalho se mantém na presidência do Partido dos Trabalhadores por mais quatro anos. O caminho para a homologação da reeleição foi pavimentado no último domingo, nas eleições internas do PT. Com 6.094 votos Assis atingiu a expressiva marca de 95% dos votos de filiados petistas, Dudu perdeu com apenas 257 votos. 

O nome de Assis deve ser homologado para um mandato de quatros anos durante o congresso estadual do Partido dos Trabalhadores, que acontece nos dias 19 e 20 de outubro. O presidente do PT analisou o contexto pós-eleição e pediu para o partido ser mais humilde; Assis confirmou que irá dialogar com Magalhães, presidente eleito no diretório de Teresina. 

“Eu penso que as urnas deixam uma grande lição, para Teresina um olhar muito especial. O filiado do PT não compareceu as urnas na capital para votar ontem, ou seja, nem Magalhães, nem Paixão. Tivemos uma abstenção de quase 80% na capital, temos que baixar o salto e colocar os pés no chão. O Magalhães é o presidente eleito, vou respeitar e trabalhar para ele”, disse Assis Carvalho

Assis ainda comentou a possibilidade de ter um candidato a prefeito na capital. 

“Sou um defensor de candidaturas próprias, mas vou ter a humildade de fazer um diálogo com a direção que foi eleita, mas não me submeter só a isso, tenho que encontrar uma alternativa para dialogar com o militante histórico que está se afastando do partido. Defendo candidatura própria, mas com a eleição do Magalhães, que já tinha manifestado desinteresse na candidatura própria, vamos ter dificuldade”, finalizou.

Em Teresina o suplente de deputado estadual, Cícero Magalhães, venceu com tranquilidade o ex-vereador Gilberto Paixão. Magalhães teve 663 votos contra 432 votos do atual presidente, Gilberto Paixão. Já em Picos o vereador Wellington Dantas venceu, no município de Amarante Ângela Queiroz comandará o partido. Os dirigentes municipais permanecem a frente do PT pelos próximos dois anos.

Deputado Federal Assis Carvalho / Foto: Portal GP1

nossas redes sociais