Câmara aprova 36 milhões de euros para a prefeitura de Teresina

Todas as ações propostas pelo programa e que serão financiadas com o empréstimo seguem o Plano Diretor de Ordenamento Territorial de Teresina e a Agenda 2030

Por Tarcio Cruz
13/05/2020, às 18:30 - Atualizado em 14/05/2020, às 03:03

A Câmara de Vereadores de Teresina aprovou nesta quarta-feira (13/05), em duas votações durante duas sessões virtuais o projeto da prefeitura para a busca de financiamento externo, através de empréstimo no valor de 36 milhões de euros junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para pôr em prática o Programa de Desenvolvimento Integrado do Teresina.

A vereadora Graça Amorim (PROGRESSISTAS) entrou com requerimento, pedindo a urgência especial para que o projeto fosse lido e aprovado hoje, em duas sessões. 

“Fizemos o pedido de urgência e a Casa aprovou”, disse o vereador. 

O objetivo do projeto é a redução da vulnerabilidade, o desenvolvimento econômico, ambiental e social de Teresina.

Todas as ações propostas pelo programa e que serão financiadas com o empréstimo seguem o Plano Diretor de Ordenamento Territorial de Teresina (PDOT) e a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável. As melhorias serão voltadas para o saneamento básico; mobilidade urbana; requalificação habitacional; equipamentos para a proteção da inovação; áreas verdes; eficiência energética; fortalecimento institucional e capacitação profissional.

Entre as áreas da capital diretamente beneficiadas estarão: zona Rural com a construção de 2.500 fossas sépticas; oito pequenas galerias, duas para cada Superintendência de Desenvolvimento Econômico (SDU); projeto de Rua Completa na parte central dos maiores bairros; melhoria habitacional para famílias carentes que possuam imóveis fora das áreas de risco (três mil imóveis), calçamento e recapeamento asfáltico.

Vereadora Graça Amorim

nossas redes sociais