Candidato a prefeito não quer receber salário em Passagem Franca-PI

A convenção confirmou Netinho (PSD) como candidato a vice-prefeito. Seis, dos nove vereadores, apoiam o candidato do PSDB

17 de setembro de 2020, às 13:00 | Editoria de Política

A candidatura de Trajano Paulo à prefeitura de Passagem Franca foi homologada na noite de ontem (16/09) ao lado de lideranças do PSDB como a deputada Lucy Soares e do presidente estadual do partido, Luciano Nunes.

Um dos momentos que mais chamou atenção e arrancou aplausos da população foi quando Trajano Paulo renunciou ao salário de prefeito, caso seja eleito na eleição municipal deste ano.

"Todo o meu salário será revestido em cesta básica e medicamento para quem não pode comprar. Se eu não fizer isso todo mês, renuncio a meu cargo de prefeito em praça pública. Eu não preciso do dinheiro da prefeitura. E quero afirmar mais um compromisso com vocês: o gari da minha cidade vai ser daqui, a assistente social vai ser daqui", disse.

Trajano, que é empresário, explicou que colocou seu nome à disposição da cidade para trazer progresso, desenvolvimento, gerar emprego e renda com a experiência que possui dentro da iniciativa privada.

A convenção em Passagem Franca também confirmou Netinho (PSD) como candidato a vice-prefeito na chapa majoritária encabeçada por Trajano Paulo. Seis dos nove vereadores do município apoiam o candidato do PSDB no pleito deste ano.


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS