Evaldo denuncia que Cepisa está descumprindo Lei de corte no PI

O deputado recebeu em seu gabinete quatro famílias que alegam terem sido surpreendidas, durante a madrugada, por volta de meia noite, por uma equipe que fez o corte da energia

Por Tarcio Cruz
02/07/2019, às 12:00

A Cepisa Equatorial está descumprindo uma Lei que proíbe a realização de corte de energia elétrica nas residências e empresas nos finais de semana e feriados. Segundo o deputado Evaldo Gomes (SOLIDARIEDADE) a antiga Eletrobras vem fazendo em Teresina, em relação aos cortes de energia elétrica nas casas de pessoas mais humildes, um absurdo e falta de respeito aos cidadãos e a lei.

O parlamentar disse que recebeu uma informação de que a antiga Eletrobras continuava a cometer erros. Evaldo Gomes recebeu em seu gabinete quatro famílias que alegam terem sido surpreendidas, durante a madrugada, por volta de meia noite, por uma equipe que fez o corte da energia.

“Eu não defendo as pessoas não estão em dia com os pagamentos das suas contas de energia, mas a Cepisa precisa ter um critério. Não dá para a Cepisa agir da forma como ela está agindo, com truculência, humilhando as famílias mais pobres do nosso estado”, observou.

O deputado lembrou que já fez uma audiência pública sobre o expurgo de servidores daquela Companhia. 

“A Cepisa mais uma vez comente um grave erro com as famílias teresinenses. Eu vou me deslocar até a direção da Cepisa para conversar com eles. Nós temos esse papel e esse dever, mas é preciso que eles possam cumprir com os entendimentos feitos aqui nesta Casa com a direção da Equatorial. E nada se justifica fazer corte de energia da forma como estão fazendo”, finalizou.

O deputado Severo Eulálio (MDB), que presidiu a sessão na Assembleia, reforçou a fala do deputado Evaldo Gomes e acrescentou que o corte é proibido em final de semana e véspera de feriados, com previsto em lei e por conta da questão bancária, porque mesmo a pessoa fazendo o pagamento, ele só irá constar, no dia seguinte, subsequente ao sábado, domingo ou feriado. O parlamentar disse ainda que a Cepisa está descumprindo uma lei aprovada pela Alepi.

Deputado Evaldo Gomes

nossas redes sociais