Firmino vai escolher seu sucessor à Prefeitura de olho em 2022

“Tudo indica que Firmino será candidato a Governador e quer um gestor que o substitua a altura ou vai prejudicá-lo na campanha", diz Edson Melo

Por Wesslley Sales
19/07/2019, às 09:00

Com a previsão de um embate entre 10 candidatos à Prefeitura de Teresina o PSDB confia na especialidade de Firmino Filho para ganhar as eleições do próximo ano. Para o presidente dos tucanos na capital, o vereador Edson Melo, a disputa será difícil e sem chance de ser definida no primeiro turno.

“Hoje o PSDB não tem candidato. Estamos conscientes de que terá segundo turno. A eleição será dura e o prefeito não quer antecipar nada. Provavelmente O PSDB será o último partido a lançar candidato. Até porque prejudica a ação administrativa. Mas, Firmino vai fazer um bloco forte para ter tempo de televisão, vai buscar um candidato que agregue e tenha capacidade de gerir a cidade de Teresina”, avalia.

Edson Melo lembra que Firmino Filho está no quarto mandato à frente do Palácio da Cidade e, por isso, conhece bem as qualidades necessárias para ter um candidato competitivo, mesmo que não seja popular, como foi o caso de Sílvio Mendes em 2004. Mas, o vereador lembra que a escolha do prefeito para sucedê-lo tem como objetivo 2022.

“Tudo indica que Firmino será candidato a Governador e quer um gestor que o substitua a altura ou vai prejudicá-lo na campanha. Um nome que não é do PSDB, mas é alinhado com o partido e que daria um ótimo prefeito é do ex-senador João Vicente Claudino. Saiu limpo da política, não tem denúncia. Como também é muito forte o Charles da Silveira, que está fazendo uma grande gestão na Fundação Municipal de Saúde, além de Sílvio Mendes. Agora, quem vai avaliar é o Firmino, não por ser o prefeito, mas por ser um especialista”, concluiu.

Vereador de Teresina, Edson Melo

nossas redes sociais