PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Francisco Costa projeta mandato para melhorar a saúde no Piauí

O ex-secretário de Saúde do Estado, foi o segundo deputado estadual mais votado de Partido dos Trabalhadores com 41 mil votos

Por Tarcio Cruz
11/10/2018, às 10:10

O Deputado Estadual eleito, Francisco Costa (PT), afirmou em entrevista ao Jornal Clube no Ar, da Rádio Clube FM de Teresina, que ficou surpreso com a expressiva votação e comemorou a eleição para Assembleia Legislativa. O ex-secretário de Saúde do Estado, foi o segundo deputado estadual mais votado de Partido dos Trabalhadores e atingiu a marca de 41 mil votos. 

Francisco, que é ex-prefeito de São Francisco do Piauí, ocupará um dos assentos adquiridos pelo PT. A sigla aumentou de três, para cinco, o número de vagas na Assembleia e é o segundo maior partido ao lado do PROGRESSISTAS.

“Tínhamos uma expectativa de eleição, mas não acreditávamos nos 41 mil votos, acreditávamos em aproximadamente 35 mil. Buscamos fazer uma eleição muito regionalizada, tive voto em 203 municípios, mas tivemos foco em uma região especial. Identifiquei onde tinha um potencial e apostamos nessas cidades, como foi o caso da região de Floriano. A cidade foi o nosso centro principal de campanha, tivemos a idealização da candidatura pelo prefeito e tivemos ainda Oeiras, Floriano e Uruçuí”, disse Francisco Costa.

Ele explicou que pretende, através do mandato, ampliar a eficiência dos hospitais regionais do interior. 

“Naturalmente, por ser da área da saúde e tendo sido secretário de Saúde, vamos trabalhar por melhoria das políticas públicas da área de saúde. Tenho conhecimentos na área e vou consolidar as ações de descentralização da saúde no nosso Estado. Precisamos melhorar no interior e aumentar ainda mais a resolutividade que já é boa. Vamos também dar uma atenção especial a região dos cerrados e trabalhar para levar maior eficiência energética para aquela região que tem muita produção”, finalizou Francisco Costa.

Francisco Costa, Deputado Estadual eleito pelo PT / Foto: GP1

nossas redes sociais