Governo vai a Assembleia discutir reajuste de professores do PI

De acordo com o projeto, os professores terão reajuste de 4,17% e passarão a receber o piso de R$ 3.167,17. A matéria deve chegar nos próximos dias a Assembleia

Por Tarcio Cruz
11/02/2020, às 13:30 - Atualizado em 11/02/2020, às 16:41

O Secretário de Governo Osmar Júnior esteve na Assembleia Legislativa do Piauí na manhã desta terça-feira (11/02). O gestor fez uma verdadeira peregrinação pelos gabinetes dos líderes da base governista no legislativo e visitou ainda a presidência da Alepi para explicar a mensagem do reajuste dos professores. De acordo com o projeto os professores terão reajuste de 4,17% e passarão a receber o piso de R$ 3.167,17, a matéria deve chegar nos próximos dias a Assembleia.

A expectativa do governo é que o reajuste salarial, que coloca o estado acima do piso salarial nacional dos professores, encerre a greve que se inicia antes mesmo da abertura do ano letivo.

“É uma visita ao Presidente da Assembleia já preparando o encaminhamento da mensagem do governador que vai estabelecer o novo piso salarial dos professores do Piauí. Estamos aqui conversando, mas o governador ele próprio vai entregar a mensagem. A greve é um direito dos trabalhadores, mas ela é para resolver impasses, quando não há outras formas de negociação, nesse caso o governo está aberto ao diálogo. O maior prejudicado com a greve são os estudantes. Esperamos que a greve não se efetive e prevaleça o bom senso” concluiu o Secretário.

Os professores da rede estadual de ensino deflagraram na última segunda a greve em todo o Estado. Os educadores cobram do governo estadual 12,84% de reajuste, apesar de o piso estadual estar acima do estabelecido pelo presidente da República.

Secretério discute projeto com deputado Marden Menezes da oposição

nossas redes sociais