Kakay, um dos maiores advogados do Brasil, será cidadão piauiense

A sugestão foi do Deputado Estadual Júlio Arcoverde com parecer favorável do Deputado estadual João Mádison

Por Redação
18/09/2019, às 09:00 - Atualizado em 18/09/2019, às 10:59

Cinco Projetos de Decreto Legislativo, que tratam da concessão do título de cidadão piauiense a personalidades com relevantes serviços prestados ao Estado, foram aprovados na Comissão de Constituição e Justiça.

O deputado Henrique Pires (MDB) presidiu a reunião e teve aprovado duas proposições que concedem a homenagem ao advogado e empresário Nelson Fratoni Rodrigues, que nasceu no Paraná, e ao professor Celso Carvalho Lima, com base em pareceres favoráveis da deputada Teresa Britto (PV) que foram aprovados por unanimidade.

O deputado João Mádison, líder do MDB, apresentou pareceres favoráveis a Projetos de Decreto Legislativo do deputado Júlio Arcoverde (PROGRESSISTAS) que dispõem sobre a concessão de título de cidadão piauiense ao advogado mineiro Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, e à senhora Ellen Caroline Konrad, que nasceu em Santa Catarina. Os pareceres foram aprovados por unanimidade.

A CCJ aprovou ainda pareceres favoráveis dos deputados João Mádison e Francisco Limma (PT), líder do Governo, aos Projetos de Decreto Legislativo dos deputados Themístocles Filho (MDB), presidente da Assembleia Legislativa, e Georgiano Neto (PSD) que tratam, respectivamente, da concessão de título de cidadão piauiense ao mestre de Capoeira José Tadeu Carneiro Cardoso, o Mestre Camisa, e ao empresário Roberto Paulo Ziegert Júnior.

O deputado João Mádison teve aprovado ainda parecer favorável a Projeto de Lei do deputado Francisco Limma que reconhece de utilidade pública a Ação Social Esperantinense.

Participaram da reunião da CCJ, além de Henrique Pires (MDB), os deputados João Mádison (MDB), Teresa Britto (PV), Firmino Paulo (PROGRESSISTAS), Gustavo Neiva (PSB), líder da Oposição, Marden Menezes (PSDB), Flora Izabel (PT), Francisco Limma, Franzé Silva (PT), Evaldo Gomes (SOLIDARIEDADE), Coronel Carlos Augusto (PT), Nerinho (PTB), Francisco Costa (PT) e Flávio Júnior (PDT).

Advogado Kakay / Foto: UOL

nossas redes sociais