“Até para morrer em Picos paga imposto”, diz deputado Nerinho

O parlamentar criticou o atual prefeito e revelou que a equipe que faz a gestão da cidade seria despreparada

Por Tarcio Cruz
13/08/2019, às 16:48

A crítica é do deputado estadual Nerinho (PTB) que fez duras afirmações sobre a atual gestão da terceira maior cidade do Estado. O deputado petebista reagiu a declarações recentes feitas por emedebistas que criticaram o ex-prefeito Gil Paraibano. 

O MDB governa a cidade ao lado do prefeito Padre Walmir (PT). Já o PTB anunciou uma aliança com o PROGRESSISTAS para a construção de uma chapa de oposição no município, os dois partidos devem enfrentar um nome da situação nas eleições do próximo ano. Nerinho criticou o atual prefeito e revelou que a equipe que faz a gestão da cidade seria despreparada. 

“A cidade de Picos é uma cidade grande, quem tem que buscar a solução é o gestor, o secretariado tem que estar preparado para resolver os problemas da cidade, eu não vejo a gestão com uma equipe preparada” colocou o deputado.

O petebista ainda chamou de “absurdo” as altas taxas de impostos cobrados e valorizou gestões anteriores. 

“Se tivéssemos a frente um gestor qualificado, como foi o ex-prefeito Gil Paraibano, como foi meu pai José Neri de Sousa, Picos não estaria enfrentando os problemas de hoje. O governo só cria novos impostos, no trânsito e em todas as áreas. Por último ele baixou um decreto que para poder enterrar qualquer cidadão tem que ter autorização da prefeitura. Se a pessoa morre sexta de tarde tem que espera até segunda para enterrar? Isso é um absurdo, logo ele que já foi padre, temente a Deus”, finalizou o deputado.

Deputado Estadual Nerinho

O OUTRO LADO

O Portal Douglas Cordeiro contactou a Prefeitura de Picos através dos telefones oficiais, porém nenhuma resposta foi obtida. O veículo está aberto a esclarecimentos.

nossas redes sociais