Manifestação a favor de Bolsonaro encontra apoio e críticas no PSL

A deputado estadual Janaína Pascoal (PSL-SP), critica a postura do Presidente Bolsonaro, mas sente o peso dos comentários contrários à sua postura

Por Wesslley Sales
20/05/2019, às 14:00

Depois das manifestações de estudantes e professores contra o contingenciamento de parte do Governo Federal para universidades e institutos federais, lideranças do PSL e simpatizantes organizam uma marcha em apoio ao Presidente Bolsonaro em todo o país.

No Piauí, a mobilização acontece pelas redes sociais. A advogada Rubenita Lessa, por exemplo, convida teresinenses e a população da região metropolitana para o Ato em Apoio ao Governo Bolsonaro que acontece no próximo domingo (26/05), às 16h00 na Ponte Estaiada.

Esta pretende ser uma pressão popular ao Congresso para que aprove projetos como o Pacote Anticrime, Reformas da Previdência e Tributária, além do Pacto Federativo. A mobilização também pretende ser uma resposta aos parlamentares após uma série de derrotas do Governo na Câmara. 

“O Brasil precisa andar e eles vão ter que deixar o Capitão trabalhar!!”, diz a convocação no perfil de Rubenita Lessa no Facebook.

Já a deputado estadual Janaina Pascoal (PSL-SP), critica a postura do Presidente Bolsonaro, mas sente o peso dos comentários contrários à sua postura. A parlamentar, uma das artífices do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, usou sua conta no Twitter para mostrar seu descontentamento.

“Mas quem o está colocando em risco é ele, os filhos dele e alguns assessores que o cercam. Acordem! Dia 26, se as ruas estiverem vazias, Bolsonaro perceberá que terá que parar de fazer drama para trabalhar”, reagiu em uma de suas postagens Janaína Pascoal.

Presidente Jair Bolsonaro / Foto: Folha de São Paulo

nossas redes sociais