Mesmo com chuva estiagem continua no semi-árido do PI

Apesar deste cenário, algumas barragens chegaram a sangrar, como é o caso de Mesa de Pedra, em Valença, que está fora da porção sul-sudeste afetado com menos precipitações

Por Wesslley Sales
17/04/2019, às 11:00 - Atualizado em 19/04/2019, às 16:47

Apesar da grande quantidade de chuva no primeiro trimestre deste ano parte do Piauí ainda deve enfrentar problemas com a estiagem. De acordo com o Monitor das Secas, a situação é localizada em uma pequena parte do semi-árido.

O mapa revela que as chuvas não foram suficientes para suprir a demanda hídrica do Estado. Na região Norte foram mais de 200 milímetros, enquanto na região Sul o volume ficou de 100 a 150 milímetros. Apesar deste cenário, algumas barragens chegaram a sangrar, como é o caso de Mesa de Pedra, em Valença, que está fora da porção sul-sudeste afetado com menos precipitações.

“Essa pequena faixa limítrofe com Bahia e Pernambuco apresentou anomalia negativa, ou seja, não choveu satisfatoriamente. Em dezembro, janeiro e fevereiro, que é pré-temporada de chuvas, foi muito ruim para os municípios nesta faixa do semi-árido. Apenas a partir de março é que houve uma recuperação no volume de chuvas, mas segue ainda de forma irregular”, explica o climatologista Werton Costa.

Climatologista Werton Costa / Foto: Portal Oito Meia

nossas redes sociais