Presidente da APPM pede a Davi Alcolumbre mudanças na Previdência

O presidente da APPM criticou a retirada dos municípios do projeto e disse ser impossível que todas cidades do país façam a sua própria reforma

Por Tarcio Cruz
13/07/2019, às 09:00

O presidente da Associação Piauiense de Municípios, Jonas Moura, revelou, após reunião com o presidente do senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que estados e municípios poderão ser incluídos na reforma da Previdência através do senado. 

Dirigente da Confederação Nacional de Municípios, Jonas esteve na casa do presidente do senado na última quarta e articula junto a prefeitos para que a reforma contemple todos os entes federativos. A reforma da Previdência foi aprovada em primeira votação na última quarta (11/07), a matéria passará por uma segunda votação na Câmara dos Deputados e depois seguirá para o Senado Federal.

Jonas revelou detalhes da reunião com o Davi Alcolumbre e afirmou que a mudança na reforma será votada no plenário do senado. 

“Desde o início os municípios apoiavam a reforma da previdência, até aquele momento nós estávamos incluídos. Como houve um problema de negociação os municípios ficaram fora. Tivemos ontem uma reunião com o presidente do senado e com o presidente da Câmara, o Davi Alcolumbre nos garantiu que no senado os municípios serão incluídos”, disse o gestor.

O presidente da APPM criticou a retirada dos municípios do projeto e disse ser impossível que todas cidades do país façam a sua própria reforma. 

“Eu acredito que essa decisão será repensada, é praticamente impossível você fazer reforma nos 5568 municípios, ou você ter um funcionário do município se aposentando com uma idade e um do governo federal se aposentando com outra. Acredito no consenso e no que conversamos com o presidente do senado”, finalizou Jonas Moura.

Jonas Moura, presidente da APPM

nossas redes sociais