PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

"Mentira criou realidade paralela", diz Manuela d'Ávila em Teresina

Para ela, as mentiras na política sempre existiram, mas ganharam proporção gigantesca no mundo virtual

Por Wesslley Sales
22/04/2019, às 18:04 - Atualizado em 22/04/2019, às 17:04

Em Teresina nesta segunda-feira (22/04) para lançar o livro Revolução Laura, a ex-candidata a vice-presidente da República, Manuela D'Ávila (PC do B-RS), fez críticas à Reforma da Previdência e defendeu uma união das esquerdas.

Manuela, que também fará palestra na Universidade Federal abordando as fake news não poupou críticas ao Presidente Jair Bolsonaro, afirmando que ele deve “parar de brincar de ser Presidente na internet”. Para ela, as mentiras na política sempre existiram, mas ganharam proporção gigantesca no mundo virtual.

“Nós que fazemos politica sabemos que a vida inteira muitos políticos mentiram muito, criaram boatos relacionados a seus adversários. Essas mentiras são erradas, são graves, mas tinham uma dimensão pequena, periférica. Era mentira de boca a boca. O que se vê hoje são mentiras dimensionadas em uma escala inenarrável. Em uma noite, numa ação que movemos no TSE com uma fake news relacionada a mim, 70 pessoas alcançaram 13 milhões de brasileiros. É disso que estamos falando. De um volume na divulgação e isso é gravíssimo, mas que faltar argumentos, serve a uma espécie de realidade paralela”, explicou.

Manuela D'Ávila / Foto: Isto É

nossas redes sociais