Sete municípios do Piauí tiveram o FPM bloqueado em maio

O motivo é a falta de comprovação dos gastos com saúde no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde-Siops

Por Wesslley Sales
14/05/2019, às 13:08 - Atualizado em 14/05/2019, às 13:28

Os repasses da primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios do mês de maio foram bloqueados em sete cidades do Piauí. O motivo é não comprovação dos gastos com saúde no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde-Siops. Os recursos deveriam ser creditados na última sexta-feira (10/05).

No total, mais de R$ 4.180 milhões deixaram de ser injetados em Canavieira, Guaribas, Matias Olímpio, Olho D'Água, Paes Landim e Pimenteiras. Só em Luzilândia, o repasse bloqueado é de R$ 1.083.758,17. Para que os recursos voltem às contas dos municípios é preciso regularizar as informações junto ao Siops.

De acordo com a Confederação Nacional de Municípios 237 cidades tiveram o FPM bloqueado por causa da não homologação das informações junto ao Siops, valores que somados chegam a R$ 227 milhões.

Sete municípios com FPM bloqueado

nossas redes sociais