SOLIDARIEDADE reúne candidatos de 56 cidades de olho em 2020 no PI

Responsável pela articulação e estruturação do SDD no Piauí, o parlamentar comentou sobre a importância deste treinamento, sobretudo, em um momento que antecede uma campanha eleitoral

Por Tarcio Cruz
26/08/2019, às 18:17

O Diretório Estadual do Solidariedade (SDD) realizou este final de semana em Teresina evento de capacitação para candidatos e pretensos candidatos no pleito do próximo ano.Tendo a frente o deputado estadual Evaldo Gomes, a sigla recebeu comitiva nacional do Solidariedade, além de integrantes da Fundação 1º de Maio, instituição do partido responsável pela capacitação dos participantes por meio de palestras e informativos.

Responsável pela articulação e estruturação do SDD no Piauí, o deputado Evaldo Gomes comentou sobre a importância deste treinamento, sobretudo, em um momento que antecede uma campanha eleitoral.

“Foi um grande encontro, que oportunizou fazermos um debate democrático com a discussão de temas importantes como a legislação eleitoral. Discutimos também estratégias eleitorais de crescimento o que permitirá sairmos muito forte no próximo ano com nossa presença no máximo de municípios possíveis com chapas proporcionais e, mais do que isso, com candidaturas de prefeitos. Precisamos ter estas chapas majoritárias para que nos fortaleçamos cada vez mais”, destacou o presidente do Solidariedade no Piauí, Deputado Evaldo Gomes.

O parlamentar concluiu sua avaliação sobre o encontro pontuando como fundamental a participação da militância e pré-candidatos de mais de 56 municípios com todos saindo do encontro muito empolgados e confiantes para o fortalecimento do Solidariedade em cada cidade.

O evento é realizado pela Fundação 1º de Maio em todo o país e tem objetivos claros de organização e preparação da militância, como explica o Vice-Presidente da Fundação, Sandoval Fernandes.

“A maior virtude deste treinamento é a qualidade da formação das pessoas para que possam exercer seus futuros mandatos de vereadores, prefeitos, quiçá, deputados estaduais e federais de uma maneira ética, transparente, e principalmente de uma maneira honesta. Enxergamos que nosso papel, enquanto fundação, é capacitar nossos filiados para que em vindo a ser eleitos, possam exercer seus mandatos com qualidade “, afirmou o secretário.

Sandoval Fernandes lembra que além destes treinamentos pelos estados, a fundação realiza o LideraMais, treinamento específico para o ingresso de mulheres na política. “Fazemos este trabalho para termos mulheres preparadas a exercerem quaisquer cargos e não só para completar uma cota, as chamadas mulheres laranjas”, disse.

A cada treinamento realizado e adesões conquistadas o Solidariedade se fortalece por todo o Brasil. Dessa forma, a sigla cresce e traça metas audaciosas para os próximos anos. Objetivos de longo prazo, mas que já iniciam em 2020, como aponta Luiz Adriano, Secretário Geral Nacional do partido.

“Nossa missão é preparar o partido para as eleições 2020. Para otimizar o tempo trabalhamos para informar ao máximo no menor tempo possível. Temos a certeza que sob a liderança do Evaldo estas informações chegarão a todos os filiados em todo o estado. Trabalhamos para eleger de 8 a 10 prefeitos e mais de 100 vereadores em todo o país representando um crescimento maior para o partido. Para 2022, projetamos a eleição de 2 deputados federais e de 3 a quatro deputados estaduais. Para Teresina, Evaldo nos informou que há uma sinalização para que indiquemos um candidato a vice-prefeito e esperamos a eleição de 4 vereadores”, pontuou Luiz Adriano.

O Secretário Geral garantiu que a perspectiva de futuro do Solidariedade no Piauí é muito boa e dentro do que a executiva nacional espera. “O partido está em boas mãos com o Evaldo e demais líderes que conseguimos encontrar aqui. Sentimos a vontade de todos neste projeto”.

À medida que chega aos municípios o Solidariedade vai implantando sua filosofia de trabalho e repassando para a população seus ideais. Afinal de contas, é chegado o momento de uma nova política, com qualidade e pensamento coletivo. É este o sentimento, por exemplo, do prefeito de Luzilândia, Ronaldo Gomes, que tem o desafio da reeleição e acredita que o treinamento foi fundamental neste processo

“Este curso é essencial para a preparação de nossos candidatos. Eu como prefeito, já tenho certo conhecimento, mas muitos na minha cidade vão para a primeira campanha e precisam destas orientações. Trouxemos nosso grupo para esta capacitação”, disse o prefeito Ronaldo Gomes.

Se em Brasília estão os mais altos representantes do partido, são nos municípios que a mensagem do Solidariedade chega com mais eficiência ao povo por meio de seus vereadores. E eventos como o PolíticAÇÂO representa uma forma importante de crescimento do partido, como pontuam os vereadores Franklin Neto, O garoto (Piracuruca), Luziene Vogado (Curimatá) e Fábio Dourado (Teresina).

“Este evento tem uma importância grande e parabenizamos toda a direção estadual e nacional. Agradecemos pelas informações repassadas e pela preocupação em nos capacitar tanto para quem vai buscar vaga de vereador como prefeito, como no meu caso que sou pré-candidato a prefeito”, argumentou o parlamentar.

O SDD tem hoje 16 deputados atuando em defesa das causas do partido. 13 eleitos em 2018, uma que veio do PTC e 2 que são de outros partidos, mas que estão na bancada do Solidariedade e esperam apenas a abertura da janela de filiações para mudarem de partido. Elegeu em 2018 1 senador, mas que se desligou do partido logo após a eleição. O partido espera ampliar o número em 2022 e projeta chegar a 2026 sendo a 4ª ou 5ª maior força política do país.

Deputado Estadual Evaldo Gomes

nossas redes sociais