Themístocles nega intromissão de M. Castro na eleição de Teresina

O presidente da Assembleia cobrou autonomia das instâncias municipais e comentou os convites recentes da sigla ao ex-jogador Sima e a empresária Beth Cuscuz

Por Tarcio Cruz
04/10/2019, às 09:00

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho, líder do MDB na capital, revelou que o diretor estadual do partido no Piauí, senador Marcelo Castro, não irá interferir na escolha do candidato do partido para as eleições de 2020. 

Nos bastidores se especula que Marcelo teria uma resistência ao nome de Dr. Pessoa, nome preferido de Themístocles para a disputa. O presidente da Assembleia cobrou autonomia das instâncias municipais e comentou os convites recentes da sigla ao ex-jogador Sima e a empresária Beth Cuscuz. 

“Cada diretório municipal é livre para escolher vereadores e prefeitos, não tem interferência do MDB em diretório estadual. As portas do MDB estão abertas para qualquer cidadão, qualquer partido gostaria de receber filiados, chapa de vereador são 44 nomes, quem elege é o povo”, disse Themístocles Filho.

O chefe do legislativo estadual rebateu também críticas recentes feitas a Dr. Pessoa e criticou o preconceito contra o ex-deputado estadual. 

“Tem muita gente que era humilde, pobre, que v virou rico e tem um preconceito danado contra pessoas na capital. O Dr. Pessoa por exemplo, sofre preconceito por que era menino pobre, aprendeu a ler com 15 anos de idade, hoje é medico e professor da universidade Federal. Tem gente que tem esse preconceito, essas pessoas deveriam estar vibrando porque alguém saiu do interior do Piauí e conseguiu ser exemplo para muitos no Estado”, repreendeu o deputado estadual.

Deputado Estadual Themístocles Filho

nossas redes sociais