Vereador Major Paulo Roberto é expulso pelo SOLIDARIEDADE

Nos bastidores o político o parlamentar tenta articular a filiação a outro partido, porém enfrenta resistência devido ao alto percentual de votos projetados para o próximo ano

Por Tarcio Cruz
04/10/2019, às 12:57

Cartão vermelho, o vereador Major Paulo Roberto está expulso do SOLIDARIEDADE. O partido decidiu em reunião da comissão nacional de ética expulsar o parlamentar por infidelidade partidária, de acordo com as alegações Paulo Roberto desrespeitou as diretrizes do partido ao não apoiar os candidatos proporcionais na eleição do último ano. 

Nono vereador mais votado da capital em 2016 o parlamentar promete recorrer em instâncias superiores da decisão. Nos bastidores o político o parlamentar tenta articular a filiação a outro partido, porém enfrenta resistência devido ao alto percentual de votos projetados para o próximo ano. Evaldo Gomes, presidente do SOLIDARIEDADE no Piauí, deu detalhes da reunião que selou a saída de Paulo Roberto. 

“Ele tem direito a recorrer, quem define se ele pode reverter é a comissão, principalmente a nacional. Todo esse processo foi conduzido pela direção nacional, a única participação do diretório do Piauí foi com direito ao voto, como manda o estatuto. A direção nacional conduziu muito bem o processo e o resultado foi como vocês já esperavam no dia de ontem. Ele apresentou a defesa oral ontem na audiência, não acompanhei de perto o processo para não ser taxado como perseguição minha. Estou tranquilo, não tenho nenhum problema com ele. Agora é olhar pra frente e trabalhar para fortalecer o partido”, decretou o dirigente partidário.

Major Paulo Roberto demonstrou resignação com a decisão que já era prevista, porém informou que irá buscar reverter a decisão em instâncias superiores. 

“Vou pedir anulação da audiência. Primeiro: a pessoa que me acusou não compareceu. Nem sei quem é essa pessoa. E outra: eles dizem que eu não mandei a defesa. É mentira. Eu cumpri sim. Enviei defesa tudo dentro dos conformes. Vamos recorrer às instâncias superiores do partido, porque não cometemos nenhuma irregularidade”, se defendeu o vereador.

Vereador Major Paulo Roberto

ENQUANTO ISSO...

nossas redes sociais