Projeto exige que montadoras façam testes de segurança em veículos

Os testes devem ser feitos pelas montadoras e os resultados amplamente divulgados com a pontuação do modelo exibida em campanhas de publicidade

Por Da Redação
29/05/2017, às 00:43 - Atualizado em 11/06/2017, às 20:33

O senador Elmano Férrer (PMDB-PI) apresentou um projeto de Lei que visa garantir mais segurança nos automóveis vendidos no país. A proposta determina que todos os modelos de veículos novos comercializados no país sejam submetidos a adequados testes de impacto (crash tests), e os resultados deverão receber ampla publicidade.

Elmano Férrer afirmou que o Brasil cerca de 45 mil pessoas morrem vítimas de acidente de trânsito, sendo o quarto país com mais mortes. 

“Com esse projeto, pretendemos garantir mais segurança aos condutores e passageiros”, justificou o senador.

O Projeto de Lei de Senado, PLS 152/2017, determina que a partir de 1º de janeiro de 2019 todos os veículos novos à venda no Brasil devem ser submetidos a testes de impacto apropriados, que avaliarão a sua segurança ativa e passiva.

Senador Elmano Férrer

Para o senador Elmano Férrer, a melhor forma de testar a segurança de um veículo nos dias de hoje é por meio de testes de impacto. 

“Essas avaliações simulam acidentes dos mais variados tipos, analisando os danos causados ao motorista e aos passageiros do automóvel, além de danos ao pedestre, estabilidade do carro e sua segurança em casos de colisões frontais, laterais ou perda de controle”, afirmou.

Esses testes devem ser patrocinados pelas montadoras de veículos e os seus resultados amplamente divulgados pelas próprias montadoras, com a pontuação do modelo exibida em campanhas de publicidade do mesmo, além do site oficial. Já no caso de veículos importados, a critério do CONTRAN, poderão ser aceitos testes consagrados internacionalmente ou do país de origem do veículo.

veja também

nossas redes sociais