PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

Desafios para a Educação atrai grande público em Angical

O evento foi promovido pelo PP Mulher em parceria com a Fundação Milton Campos e o apoio da Coordenadoria Estadual de Enfrentamento às Drogas

Por Da Redação
01/07/2017, às 00:07

O município de Angical recebeu hoje o seminário Drogas Por Quê? - Desafios para a Educação, promovido pelo PP Mulher em parceria com a Fundação Milton Campos e o apoio da Coordenadoria Estadual de Enfrentamento às Drogas.

Seminário no município de Angical / Foto: Raulino Neto

A deputada federal Iracema Portella (PP-PI) participou do evento e agradeceu à prefeita Neta Santos e sua equipe e também ao vereador Toninho, presidente da Comissão de Prevenção e Combate as Drogas da Câmara de Vereadores; pelo empenho na organização.

Mais de 200 pessoas, entre profissionais das áreas de Educação, Saúde, Serviço Social e Segurança Pública, conselhos tutelares, lideranças religiosas e comunitárias assistiram às palestras. 

"É importante chegar a cada vez mais municípios, capacitar cada vez mais pessoas para atuarem na prevenção ao uso de drogas. Essa é uma forma eficaz de proteger nossas crianças e jovens", comentou Iracema Portella.

Cerca de dez mil pessoas já foram capacitadas / Foto: Raulino Neto

O seminário contou com a presença da vice-prefeita Débora Vilarinho, da secretária municipal de Educação Vanerlene Soares; secretária municipal de assistência social Claudete Santos; do representante da Cedrogas Giorgione Gonçalves; Rogério Azevedo – diretor do IFPI de Angical; Ricardo Moura, delegado regional do Médio Parnaíba e dos vereadores Helder Jordão, Antônia Pereira, Isabel Leal e Dede, além de outras lideranças.

Mais de 200 pessoas participaram em Angical / Foto: Raulino Neto

Municípios de todas as regiões do Piauí já receberam o seminário Drogas Por Quê - Desafios para a Educação, entre eles Picos, Corrente, Parnaíba, Luís Correia, Ipiranga do Piauí, Valença do Piauí, Elesbão Veloso, Floriano, São Gonçalo do Piauí, Água Branca, Agricolândia, Sigefredo Pacheco, Castelo do Piauí, Alto Longá, Itainopolis, Oeiras, São Félix do Piauí, Amarante, José de Freitas e Teresina. Quase dez mil pessoas já foram capacitadas.

veja também

nossas redes sociais