PP Mulher realiza ação no Dia Mundial de Combate às Drogas

Citando drogas lícitas como o álcool e o cigarro, Iracema lembrou que essas substâncias podem ser a porta de entrada para o uso de entorpecentes

Por Da Redação
26/06/2017, às 23:51

O PP Mulher Piauí, em parceria com a Fazenda da Paz, realizou palestra para mais de 500 crianças e adolescentes da Unidade Escolar Sigefredo Pacheco. A ação marca o Dia Mundial de Combate às Drogas e contou com a presença da deputada federal Iracema Portella e do coordenador da Fazenda da Paz, Célio Barbosa. 

Iracema falou sobre a importância de discutir a questão das drogas com as crianças e os jovens. 

Deputado Iracema Portella (PP-PI)

"Defendo que as ações preventivas comecem nas escolas e em casa, com as crianças, os jovens e suas famílias, envolvendo toda a comunidade. A prevenção é a principal ferramenta que nós temos, pois através dela temos condições de impedir que muitos sejam levados ao universo das drogas", comentou a parlamentar.

Citando drogas lícitas como o álcool e o cigarro, Iracema lembrou que essas substâncias podem ser a porta de entrada para o uso de entorpecentes e não são inofensivas. 

Palestra para mais de 500 crianças e adolescentes

Os estudantes da Unidade Escolar Sigefredo Pacheco foram incentivados a apresentar trabalhos e comentários sobre os riscos do consumo de drogas e sobre ações de prevenção. A coordenadora estadual do PP Mulher, Erinalda Feitosa, lembrou da importância de manter um diálogo aberto com os jovens. 

"É preciso que haja confiança dentro de casa e dentro da escola, jovens bem orientados dificilmente caem na armadilha das drogas", disse.

Deputada Iracema com alunos da Unidade Escolar Sigefredo Pacheco

Iracema frisou que é preciso que todos se envolvam no desafio de combater e prevenir o uso de drogas. 

"Essa responsabilidade é de todos nós. Só conseguiremos bons resultados se formos capazes de unir esforços da sociedade e dos governos federal, estaduais e municipais, e isso inclui lutar por mais recursos no Orçamento para as políticas públicas dessa área", finalizou.

veja também

nossas redes sociais