João de Deus quer evitar suspensão da urgência no São Marcos

O parlamentar quer reunir a Secretaria de Saúde, deputados e a direção do hospital para tratarem do assunto e buscarem resolver a situação

Por Da Redação
24/06/2017, às 02:06

O deputado João de Deus usou dos dois minutos para os pequenos avisos, na sessão plenária, e informou que ficou sabendo através da imprensa piauiense, que o Hospital São Marcos não vai mais atender pacientes de oncologia, em regime de urgência, em Teresina. O parlamentar considerou a informação extremamente grave.

“O Hospital São Marcos é a maior referência, eu acredito que uma das maiores do Nordeste, em tratamento oncológico. Isso é grave porque é um socorro, é um hospital dito filantrópico, que trata, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), muita gente do estado do Piauí, do interior do Maranhão e até de outros Estados”, comentou.

Reunião entre deputados e diretores do Hospital São Marcos

João de Deus propôs aos demais parlamentares, que seja feita uma visita ao diretor do Hospital São Marcos, para saber dele o motivo da medida e evitar que isso aconteça.

“Primeiro vamos agendar uma visita, com a Comissão de Saúde Pública e eu me proponho a participar e saber de que forma a gente pode interceder, para que isso possa ser evitado e saber como essa Casa pode se posicionar”, reiterou.

Problema será discutido na Assembleia

O parlamentar quer reunir a Secretaria de Saúde, deputados e a direção do Hospital São Marcos para tratarem do assunto e, buscarem soluções para resolver a situação, pois muitos pacientes de Teresina, do interior do estado e de estados vizinhos dependem desse atendimento, que é referência nos tratamentos oncológicos.

veja também

nossas redes sociais